Ainda é cedo, amor, mal começaste a conhecer a vida já anuncias a hora de partida, sem saber mesmo o rumo que irás tomar. Preste atenção, querida, embora eu saiba que estás resolvida, em cada esquina cai um pouco a tua vida, em pouco tempo não serás mais o que és. Ouça-me bem, amor, preste atenção, o mundo é um moinho, vai triturar teus sonhos, tão mesquinho, vai reduzir as ilusões a pó. Preste atenção, querida, de cada amor tu herdarás só o cinismo. Quando notares estás à beira do abismo… Abismo que cavaste com os teus pés.
- Cartola
When will I see you again? You left with no goodbye, not a single word was said. (…) Baby, please remember me once more. When was the last time you thought of me? Or have you completely erased me from your memory? (…) Gave you the space so you could breathe, I kept my distance so you would be free and hope that you find the missing piece to bring you back to me.
- Don’t you remember? - Adele
All that I have is on the floor. (…) I can’t keep up with your turning tables. Under your thumb, I can’t breathe.
- Adele
Will I ever know how it feels to hold you close and have you tell me whichever road I choose, you’ll go?
- Adele
I hate to turn up out of the blue uninvited, but I couldn’t stay away, I couldn’t fight it… I hoped you’d see my face and that you’d be reminded that for me, it isn’t over. Never mind, I’ll find someone like you. I wish nothing but the best for you too. Don’t forget me, I beg, I remember you said: ”Sometimes it lasts in love but sometimes it hurts instead.” Nothing compares, no worries or cares, regrets and mistakes they’re memories made… Who would have known how bitter-sweet this would taste?
- Adele
In the darkness of my heart Is a shadow of your face, from the deepest part of my regret, I hear the words I wish I’d said. (…) Make up memories in my head, they help to fill the emptiness you’ve left. (…) But after you, life goes on. You’ll never see me again.
- Adele
Tenho duas mãos e o sentimento do mundo.
- Carlos Drummond de Andrade

Aprendi a me perder, aprendi a te esperar, aprendi a perceber que era tarde pra te amar… É tão triste te dizer que eu não posso mais cantar… A canção que eu prometi, você não pode escutar. Porque será que a gente vai pra não voltar? Vou te encontrar, são tantas vidas pra cantar… Eu não quero mais te ver com essa tristeza no olhar… To aqui pra te dizer: ”sempre vou te acompanhar”.

Outra lágrima caiu, e de longe eu vou secar… Você não se esqueceu do primeiro a te beijar… Porque será que eu já parti sem te esperar? Vou te encontrar, são tantas vidas pra cantar… Porque será que a gente vai pra não voltar? Vou te encontrar, são tantas vidas pra cantar… Porque será que já parti sem te esperar? Vou te encontrar, são tantas vidas pra cantar…

- Vitrola Sintética

Eu vou ter que passar minha vida cantando uma só canção… Eu vou ter que aprender a viver sozinha na solidão.

Eu vou ter que lembrar tantas vezes o riso dos olhos teus.

Eu vou ter que passar minha vida tentando esquecer esse adeus.
Eu vou ter que esquecer teu sorriso e o pranto dos olhos meus. Eu vou ter que esquecer teu olhar na hora do adeus.

Eu vou ter que esquecer minha vida, só você não percebe porque…

Eu vou ter que passar minha vida esquecendo você.

- Gal Costa

Não aprendi a dizer adeus, não sei se vou me acostumar… Olhando assim nos olhos seus, sei que vai ficar nos meus a marca desse olhar. Não tenho nada pra dizer, só o silêncio vai falar por mim.

Eu sei guardar a minha dor e apesar de tanta dor, vai ser melhor assim.

(…)

Se tens que me deixar, que seja então, feliz. Não aprendi a dizer adeus, mas deixo você ir sem lágrimas no olhar, se o adeus me machucar, o inverno vai passar e apaga a cicatriz.

- Não aprendi dizer adeus

Sem você a vida pode parecer um porto além de mim… Coração sangrando, caminhos de sol no fim… Nada resta, mas o fruto que se tem é o bastante pra querer um minuto além do que eu possa andar com você.

Te amo e o tempo não varreu isso de mim, por isso estou partido e tão forte assim.

O amor fez parte de tudo que nos guiou, na inocência cega, no risco das palavras e até no risco da palavra ‘amor’.

- Zizi Possi
Hoje acordei sem você e eu só percebi quando eu senti falta de mim. (…) Diga que não vai sair da minha vida, diga que não passa de mentira quando dizem que o amor morreu… Então diga que o tempo fecha todas as feridas e que pra nós existe uma saída, que nem por um segundo me esqueceu.
- Fresno
Deixa que o tempo vai gravar a tua voz em mim pra que eu possa te ouvir toda vez que eu precisar.
- Fresno
Mas você lembra… Você vai lembrar de mim… Que o nosso amor valeu a pena!
Lembra? É o nosso final feliz!
Você vai lembrar… Vai lembrar sim.
Você vai lembrar de mim.
- Nenhum de Nós
Eu vou te ver, mesmo com outro rosto, ali era você… Desmentindo a despedida!
- Vanguart